Sexta-feira, 14 de Setembro de 2007

Ena…ela afinal fala!

- És tu que me levas ou sou eu que te estou a encaminhar?
E assim paramos no canto…e no canto o instante brindou-me com uma música que condicionou toda a minha entrega e a minha entrega despoletou no meu espírito algumas dúvidas e as minhas dúvidas traíram-me as intenções e as minhas intenções revelaram-se em palavras desbocadas, e este atrevimento estragou a magia!
- Pareces uma Índia com esta luz !
E no canto a tua observação transportou-me para imagens que alteraram o meu desejo e o meu desejo cambaleou surpreendido e a minha surpresa inibiu-me o apetite, e esta ausência de fome quebrou o encanto!
- Se falo melindro-te!
E a luminosidade misturou-se com cores que não gosto, e o luar derreteu-se numa cera sem aroma, e o tempo esgueirou-se num adeus que me arrasou!
- (…)
 
- Estou magoada, magoada, magoada, magoada, magoada, magoada, magoada…
 
 

Inventado por alexiaa às 20:55
link do post | comentar | favorito
10 comentários:
De pedro alex a 17 de Setembro de 2007 às 12:07
O "magoada" retira encanto ao desencanto do texto.
Francamente, detestei o magoada por ali fora. Mas, princesa, como és princesa nada mais me resta do que encaminhar-te para o centro, mudar a música, dizer-te olá com um sorriso, e com a luz a pirilampar exclamar-te: princesa estás uma estrelinha!!!
Bj sem melindres e com berlindes.


De alexiaa a 20 de Setembro de 2007 às 01:18
Vais ter de parar com este excesso de mimo virtual:))))
Ai...o consumismo deixa-me "queimadinha" dos neurónios, só consigo pensar nos sensores de estacionamento:)))

Beijo H:)))...Tecla com a tradução:))


Comentar sem frete

O minimo sobre mim


ver perfil

. 11 seguidores

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Estas são as Ultimas

Aos sonhos que vão diminu...

Even...

Revivendo uma invenção!

Quase por encomenda...:))...

Tenho pena de não ter mem...

Não me ames…ambiciona-me!