Domingo, 22 de Julho de 2007

Enquanto que não chega o próximo…que me sinta iluminada!

(O texto está desactualizado mas como tudo o que escrevo foi imediato e a eito, é assim que funciono e não me passa pela cabeça guardar este tipo de imprevistos!)
 
 
Nem sei se inicie este novo ano de existência enlevada num passado prometedor com crises esporádicas duma maldade atroz e gelada ou se o encete de forma decidida envolta numa personagem confortável que me faz disparar em várias direcções um comportamento destabilizador e aparentemente promíscuo!
 
A verdade é que estou lixada por ter amigos!
A verdade é que estou lixada por te ter conhecido e me ter permitido amolecer uma carapaça indestrutível.
A verdade é que estou completamente lixada por sentir esta necessidade de te escrever sabendo de antemão que nunca me poderás ler!
A verdade é que estou completamente lixada por saber que não estou sozinha apesar da tua ausência!
 
Bem…é inevitável passar o dia de hoje sem lembrar uma aranha que deslizava numa rampa íngreme, um bibe fresco e leve, uns pés sempre descalços numa terra de cheiros fantásticos que ainda hoje sinto!
Seguiu-se uma pré adolescência a duas que rapidamente esqueci com o regresso do três, o meu três surpreendentemente barbudo, maravilhosamente ansioso, perfeitamente presente numa puberdade passional mas muito risonha!
E por ali andei até casar! Casar por amor e receber o meu quatro com toda esta intensidade típica!
Acabou nesta fase o meu…chegou a nossa primeira e sem hesitação afianço que chegaram também os dias mais felizes da minha vida!
Lembro umas ferias lindas...
Chegou o nosso segundo, o nosso terceiro!
E o nosso passou a deles. E foi deles que “fugiu” a hipótese duma infância mais rica com um avô exemplar, e foi de nós que desapareceu a presença dum amigo sincero, foi de mim que voaram uns braços constantemente perto, uma atitude deliciosamente permissiva, um mimo docemente excessivo!
Divorciei-me!
Fiz trinta e tal, fiz trinta e tal, fiz trinta e tal, faço trinta e tal!
O que se passou quando fiz os trinta e tal??? Uiiiiiii…
Namorei muito, bebi mais ainda, agitei por aí e inventei o amor!
Namorei alguém, bebi algumas, asneirei por aí e reinventei-te amor!
 
A verdade é que estou lixada por fazer trinta e tal!!!
A verdade é que hoje à noite vou deitar-me contigo naquela rede!
 
(E façam-me o favor de não tirar ilações descabidas. Não sofri uma ruptura difícil, não amo o meu ex marido, não sofro por não ser correspondida e não ando com pachorra para mails lamechas!)
 

Inventado por alexiaa às 21:05
link do post | comentar | favorito
67 comentários:
De Su a 25 de Julho de 2007 às 18:04
:)
Pois é!
E sabes que mais (?), gosto mesmo de ti!!! :)
Na realidade venho aqui só por ti... esta é uma verdade que tem q ser dita! E olha q se eu contar isto, muita gente n vai acreditar... cruzes, o k fiz de mim!
Ah?!! Caneca mulher, pq n ser lamechas... ás vezes é a maior forma de libertação, oxigénio no seu estado liquido... :) delicia gostar de ti.
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

:) <BR>Pois é! <BR>E sabes que mais (?), gosto mesmo de ti!!! :) <BR>Na realidade venho aqui só por ti... esta é uma verdade que tem q ser dita! E olha q se eu contar isto, muita gente n vai acreditar... cruzes, o k fiz de mim! <BR>Ah?!! Caneca mulher, pq n ser lamechas... ás vezes é a maior forma de libertação, oxigénio no seu estado liquido... :) delicia gostar de ti. <BR><BR class=incorrect name="incorrect" <a>Beijooo</A>


De Su a 25 de Julho de 2007 às 18:05
Olha, n sei q raio aconteceu, mas q algo correu mal, correu!
:)

Perdoa-me!


De alexiaa a 25 de Julho de 2007 às 23:56
Beijo de perdão:))))

Es uma taralhouca!


De Su a 27 de Julho de 2007 às 15:02
Sabes que as vezes ser taralhouca é uma delícia… ai que bom poder passar ares de taralhouca sem receio de avaliações profundas... cruzes mulher, isto de ser fêmea num mundo cão tem muito q se lhe diga, ficamos felizes de descer á terra e de ouvir estas coisas, estou liquida, derretida, amoleci por um segundo e sinto-me bem!
Beijo redondo, com ar taralhouco, daqueles q se oferecem depois de receber tamanho perdão!

:)


De alexiaa a 25 de Julho de 2007 às 23:55
Estava aqui a pensar ainda naquilo que dizes não perceber em mim e lembrei-me dum post que uma vez fiz para ti...sabes de mim algo intimo, sabes distinguir as minhas...redes!
Pronto...já libertamos preconceitos e dizemos gosto de ti!!:))
( ERROR: BLA, BLA;BLA:::)))


De Su a 27 de Julho de 2007 às 15:18
Tu tas a gozar comigo pá?
:)
Sua loira insana...
:)))
Na realidade sei de ti o mais importante… Aquilo de distinguir as tuas… redes… bem... sssshhhhhhhhhhh
Cruzes, adoro aquelas redes… e qd são de algodão puro, com rendinhas para realçar o balanço... aaaaaaaaaaaaiiiiiiiiiiiiiiii
:)
Beijo desequilibrado de tanta saudade de me perder numa rede...
:)
:)))
:)))))))


De Su a 27 de Julho de 2007 às 15:20
:)))))

(só pra saberes q ainda to a sorrir...)

;)


De alexiaa a 27 de Julho de 2007 às 18:32
Loira insana é lindo:)))) e apropriado:)).
Espera...vou até ao de baixo!


De alexiaa a 27 de Julho de 2007 às 18:33
Afinal não vou, tu trocas isto tudo mulher, poes-me doida...ou ...mais doida ainda!:))


De Su a 28 de Julho de 2007 às 14:22
!!fizes-te lembrar aquela musiquinha... doidas doidas doidas sao as galinhas, raspam raspam raspam pra alisar a terra, bicam bicam bicam pra fazer o ninho...
Esquece! foi mais forte q eu!
cócórócó!!!
:)
puts, vou dormir!
BJ


Comentar sem frete

O minimo sobre mim


ver perfil

. 11 seguidores

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Estas são as Ultimas

Aos sonhos que vão diminu...

Even...

Revivendo uma invenção!

Quase por encomenda...:))...

Tenho pena de não ter mem...

Não me ames…ambiciona-me!

Colocado em finais de Abril de 2006

Free Web Counter
hit Counter