Sexta-feira, 19 de Maio de 2006

Amor é...

Amor é:
 
Gostar incondicionalmente!
 
De repente lembrei-me duma colecção de cromos da minha geração que tinha como titulo “ Amor é…”. Na altura nada daquilo parecia fazer muito sentido e o certo é que para além do título não retive mais nada das máximas ali descritas!
Hoje é daquelas noites em que ponho de lado a displicência habitual com que lido com assuntos emocionais e liberta de algumas insensibilidades que me são características penso no significado do amor!
Ora o “sacana” do amor é:
Olharmos ao espelho e pensarmos que estamos com bom ar!
Estarmos sozinhos a ouvir uma musica e não ter pudores que seja “apanhada” na rádio Arremesso!
Perdermo-nos de amores por umas sandálias caras e comprá-las só porque já está uma “caramela” de olho no único par disponível!
Ir ao hiper mercado fazer compras e deslizarmos em cima do carrinho como crianças de 5 anos!
Ler o ultimo livro da Margarida Rebelo Pinto e chorar copiosamente encarnando com rigor a personagem principal!
Sair para jantar com amigas e levianamente ser a única que está sem problemas emocionais!
Passarmos uma tarde no cabeleireiro a fazer rigorosamente nada a não ser dar à língua sem pressa ou horas marcadas!
Pedir o livro de reclamações só porque se embirra com o ar petulante da empregada que por coincidência é mais nova e mais magra!
Continuo????? Temo expor em excesso as minhas maiores qualidades mas a verdade é que amor é:
 
Gostar para sempre daquilo que despertou a atenção no inicio…
 

Inventado por alexiaa às 02:36
link do post | comentar | favorito
21 comentários:
De imensa a 22 de Maio de 2006 às 22:16
.

beijo imenso


De fernando pessoa a 23 de Maio de 2006 às 06:30
Desde ja, quero te dar os parabens pelo excelente blog. Este blog foi-me aconselhado por uma amiga em "comum". depois de o ler compreendo a "publicidade". Quanto aos textos, o conteudo é profundo mas quere-me parecer que existe alguma ambiguidade entre a pessoa que escreve e a que esta por detras da escrita. Li algumas incoerencias, e outras tantas deturpaçoes, mas em jeito de conclusao, acho que estas a tentar "vender" e bem a imagem que queres que tenham de ti. Vou tentar entrar nesta blogosfera, e construir um ao meu feitio, quando o tiver bem arranjadinho, voltarei aqui.
Um beijo e segue em frente, porque o amor...é lindo.
P.S. Caso aches este comentario absurdo, tens duas hipoteses: ou o apagas para sempre ou comentas o que te despertou a atençao no inicio...
Ate ja...


De alexiaa a 23 de Maio de 2006 às 22:32
Infelizmente não me parece que esteja a "vender" bem a imagem que quero que tenham de mim...Jamais apagaria um comentário absurdo só porque é de facto...absurdo!
Desculpe se o até já não foi tão pronto como esperava mas no meio das minhas incoerencias e deturpaçoes achei por bem refrear o impulso e tentar encontrar aqui algo que me "libertasse" da necessidade de responder. Relido varias vezes o que escreveu...dou a mão à palmatória e resigno-me perante o absurdo de ver alguem que não conheço tecer consideraçoes acerca da minha pessoa!


De Essa Miuda a 23 de Maio de 2006 às 16:57
Ora bem ... a minha primeira colecção de cromos foi com caricaturas de jogadores de futebol... Lembro-me que os cromos mais dificeis era a foto das equipas da I Divisão ... e o cromo mais repetido o Frasco do Futebol Clube do Porto (vá-se lá saber porquê)...

E... o amor é... qualquer coisa onde assenta bem uma indefinição... De qualquer forma... gostei muito da tua (in) definição. Um beijo doce (mudei de "blogui")


De alexiaa a 24 de Maio de 2006 às 17:25
Já vi:), vou passar por lá com calma.
Beijos


De MoonLight a 23 de Maio de 2006 às 21:32
Muito à frente! Amar é gostarmos primeiro de nós! O resto vem a seguir! Bjs de Luz


De Tá Difícil a 24 de Maio de 2006 às 14:41
Eu não resisto a dar uma achegazinha...

Amor é...
já estar quentinho na cama e aceder ao teu pedido para te ir buscar um copo de água à cozinha gelada...

perder o golo da partida porque me chamaste para segurar o saco do lixo que estás a acondicionar...

ceder-te o final do cornetto de chocolate que me estava a "saber pela vida"...



De alexiaa a 24 de Maio de 2006 às 17:29
Ainda bem que não resistiu...é que para além de achar muito ternurenta a imagem do cornetto, também gosto muito de o "ver" por cá:)
Beijo, beijo


De Sr. Dr. Ricky a 24 de Maio de 2006 às 19:31
sabes, por acaso no meu último comentário estava amargurado sim, encontro-me na situação que salientei (pelo menos acho eu) e também por um bando de outros factores...algumas coisas dão-me a sensação de mãos que se vão largando das nossas aos poucos...e não quero que isso aconteça...mas o artigo foi feito num dia "sim"; num dia em que acordei bem: a minha stora do teatro lá me diz que os melhores momentos são aqueles em que pensamos que estamos na foça, mesmo mal sem nenhuma saída todos stressados e aí acontecem coisas muito boas...não sei se assim é mas assim o espero.

bjokas *


De fernandinho "pras amigas" a 25 de Maio de 2006 às 03:45
Só agora li a tua "contra argumentaçao"..embora fosse perfeitamente reconhecivel, abri os olhos e desviei o olhar timidamente, pois, tinha a certeza absoluta de quem iria ver.
Subitamente, e com um olhar desfocado, pisquei os olhos e concentrei-me e o teu rosto tornou-se um pouco mais nitido.
Talvez tudo tenha o seu quê de absurdo, até a minha "visita" o foi. Desculpa.


De alexiaa a 25 de Maio de 2006 às 04:12
Com menos conversa tinha perguntado se sou intragável e eu tinha respondido que sim!


Comentar sem frete

O minimo sobre mim


ver perfil

. 11 seguidores

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Estas são as Ultimas

Aos sonhos que vão diminu...

Even...

Revivendo uma invenção!

Quase por encomenda...:))...

Tenho pena de não ter mem...

Não me ames…ambiciona-me!