Quinta-feira, 8 de Novembro de 2007

IV

Roubei-te um limão amor!
Ou seria uma tangerina? Imagino-te a sorrir com a minha ignorância e levo-o ao nariz para o cheirar.
Não me apetece descrever aquele momento, sei que sabes o que senti, sei que sabes o quanto recordei o odor da tua pele, dos nossos corpos colados, do nosso clímax cúmplice.
Vejo um baloiço e brinco. Estico as pernas e encolho-as com vista a atingir aquela sensação de desmaio. A mesma que tive quando de olhos fechados inspirei o limão, a mesma que tenho sempre que nos tocamos com saudade!
De repente sinto um cansaço agradável, aquele corpo mole que nos pede lar, que nos exige um estender familiar.
Dirijo-me ao local onde estou instalada e vejo um homem num tractor. Ele olha para mim com insistência e eu assusto-me correndo para dentro de casa.
Trancada e no escuro espreito pela cortina e revejo-o a passar em frente no barulhento tractor, lento e expectante, curioso e atemorizador.
Nervosa pergunto-me como vou passar a noite sem ti, como vou adormecer com a ideia fixa que ele volta para me fazer mal! Respiro fundo e tento ser razoável, falta-me o ar e entro em pânico.
Furiosa e descontrolada reparo no quanto estou isolada, não há vivalma ao meu redor excepto o “criminoso” do tractor!
Açambarco com garra este caderno e penso escrever-te uma carta. Culpar-te através de frases violentas do meu medo, descarregar em ti a falha emocional que me corrói a maior parte do tempo.
Chove a potes amor!
Divido o temor com a melancolia de assistir impávida ao encharcar da nossa rede, acrescento uma ternura pela água que cai da goteira do telhado, clamo pelo toque do telefone que confundo com o trovejar inevitável.
 
 

Inventado por alexiaa às 18:25
link do post | comentar | favorito

O minimo sobre mim


ver perfil

. 11 seguidores

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Estas são as Ultimas

Aos sonhos que vão diminu...

Even...

Revivendo uma invenção!

Quase por encomenda...:))...

Tenho pena de não ter mem...

Não me ames…ambiciona-me!

Colocado em finais de Abril de 2006

Free Web Counter
hit Counter