Segunda-feira, 5 de Novembro de 2007

I

Isto é lindo amor!
Acordei cedinho com a alma revigorada, o desanimo decrescido, a frustração ausente.
Vesti-me sem pressa porque o banho não planeado e decidido por improviso amainou-me o espírito e segredou-me gotas de fé que sorvi sôfrega de alguma paz!
Já no carro detive-me a pensar no grande mistério que é amar-te, na tonteira que é querer-te e não te poder ter, na tristeza que é não te sentir. Qualquer musica que toque transporta-me para um nós que no fundo não existe, para um caso de amor que invento e reinvento sempre que me fazes falta, sempre que encaro a impossibilidade de envelhecer a teu lado!
Conduzi distraída até ao meu destino. Estacionei e caminhei absorta até sentir que tinha fome. Apressei o passo em busca duma pastelaria agradável e pensei como é curioso o facto da fome me alhear de ti, como é relaxante ter uns segundos em que voas da minha mente e me permites um descanso na alma indispensável à minha sanidade!
Pequeno-almoço digerido, conversas alheias que se tornam cúmplices da minha ansiedade em te esquecer, desejo de partilhar contigo a sensação de bem-estar que por vezes me invade.
E semi saltitante caminhei no empedrado pitoresco, visitei curiosa ruelas arejadas, espreitei recantos que me pareciam propícios a carícias íntimas!
Nesta altura o sol desponta descarado e convida-me a passear na praia…
É tão linda amor!
A sensação de liberdade oscilou-me os sentidos e por momentos temi não ser capaz de absorver o que de bandeja me era oferecido à alma…
Desci até à areia, penso em ti sempre!
 

Inventado por alexiaa às 20:39
link do post | comentar | favorito

O minimo sobre mim


ver perfil

. 11 seguidores

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Estas são as Ultimas

Aos sonhos que vão diminu...

Even...

Revivendo uma invenção!

Quase por encomenda...:))...

Tenho pena de não ter mem...

Não me ames…ambiciona-me!

Colocado em finais de Abril de 2006

Free Web Counter
hit Counter