Segunda-feira, 24 de Setembro de 2007

Sobrenatural…

Acordei hoje contigo embrenhado em mim mais do que nunca!
Durante a noite despertei varias vezes com as tuas mãos macias a tocarem-me duma forma muito pouco pacífica. Não sosseguei, não é habitual em ti procurares-me tão inquieto. Antes do despertador tocar já estava completamente esperta. No ar o teu cheiro estava presente como jamais esteve, forte, intenso, soprado pelo quarto inteiro, assustadoramente real!
Levantei-me nervosa. Caminhei devagar ao mesmo tempo que me questionava sobre o que se passaria e não evitei um estremecer involuntário. Estarreci a meio do meu percurso com a convicção que eram os teus olhos que me observavam as costas, era o teu murmúrio que me soprava o ouvido, o teu lamento que me usurpava a sanidade!
Abanei a cabeça atormentada e fiz menção de te sacudir mas fui travada por ti, sem ti…!
Os teus passos dominavam o cenário, a tua respiração a minha alma!
Posicionaste-te à minha frente e senti que não aguentava aquele confronto, tantas as vezes que ansiei rever-te, tantas as noites que chamei por ti, tantos os sonhos que recusei por ti…
Amparaste-me a sensação de desmaio e contemplaste-me incisivamente, o teu olhar jorrava dúvidas e preocupações, amor e saudade, desejo e fatalidade!
Desde que foste foi a primeira vez que não te chorei, que não chorei!
Acenei consentindo-te uma paz imprescindível, abdiquei de te usufruir em prol da tua conciliação eterna!
Sorri-te abandonando-me ao cansaço, omiti uma devoção para todo o sempre na esperança que exorcizasses o peso das tuas incertezas!
E aos poucos o aroma desvaneceu-se, o meu corpo desamparou-se, a solidão instalou-se…de novo!!
 

Inventado por alexiaa às 20:43
link do post | comentar | favorito
36 comentários:
De Fox a 25 de Setembro de 2007 às 00:08
Boas ! Hoje faço te uma visita, aqui. Aproveito para ler alguns do teus textos.
É, gosto de como escreves.

Fiquei com um pensamento.
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Boas ! Hoje faço te uma visita, aqui. Aproveito para ler alguns do teus textos. <BR>É, gosto de como escreves. <BR><BR>Fiquei com um pensamento. <BR><BR class=incorrect name="incorrect" <a>LIFE</A> SUCKS ! <BR><BR>Até tu decifras essa !! <BR><BR class=incorrect name="incorrect" <a>HUG</A>


De alexiaa a 25 de Setembro de 2007 às 20:30
Aparece sempre que te apeteça, se possivel com pensamentos mais acessiveis:)


De V.A.D. a 25 de Setembro de 2007 às 02:16
Um bocadinho assustador, este teu relato... Pareceu-me coisa de almas penadas e de contos arrepiantes, mas não deixei de apreciar a forma como foi feito, até porque aprecio o género... :-)
Espero hoje possas ter uma noite isenta de sobressaltos!

Um beijo... :-)


De alexiaa a 25 de Setembro de 2007 às 20:36
Hum...parece-me que esta mesmoooo na altura de pensares em comprar um caozito, lembro-me agora de repente dumas quantas utilidades para o bicho onde incluo o remédio para evitar os sustos:).
Bem, brincadeiras à parte deixa-me que te diga que este meu relato, ou conto...não tem nada de almas penadas, agora que me participaste o teu gosto pelo género estou a pensar em desenvolver algo bem mais arrepiante...me aguarda:))).

Outro:)


De Diva a 25 de Setembro de 2007 às 09:22
Gosto cada vez mais da forma como escreves;) E este texto diz muito daquilo que eu já senti, uma presença invisível mas constante, um fantasma do passado sempre presente. Por vezes é melhor a solidão do que uma companhia angustiante que nos impede de viver para o futuro.
Boa semana
Beijokas 1000


De alexiaa a 25 de Setembro de 2007 às 20:38
Uma companhia angustiante é solidão...

Bom resto de semana!

Bj


De gostomuitissimodeti a 25 de Setembro de 2007 às 13:24
quando se escreve com sofrimento e alma... sei.

enquanto lia uma musica acompanhava-me, ouve...

http://www.youtube.com/watch?v=eWfZNQMecz4

gostomuitissimodoqueli


De alexiaa a 25 de Setembro de 2007 às 20:39
Eu até tentei...as vezes digo que tento e é tanga mas desta vez até tentei...e da-me erro na pagina:)


De conguinho a 25 de Setembro de 2007 às 19:51
Existem alturas em que sentimos e ouvimos memso será ou não real. Espero que sejam pois apesar de os sentimentos nem sempre serem os melhores pelo menos eles existem em algum momento. Ou não?
Solidão não desejada é que não ... acho eu.
Mas que confusão hoje :|
Beijokonguitos


De alexiaa a 25 de Setembro de 2007 às 20:40
Admito...estou mesmo confusa:) mas suponho que a Jamaica e a curte de lá ainda pairem por aí:))

Bj


De reversivel a 26 de Setembro de 2007 às 01:29
confesso que por vezes também eu me sinto assim. sinto que abdiquei dele para que resolvesse as suas confusões e dps disso instalou-se um vazio que nunca mais consegui preencher.

mulher é bicho complexo mesmo. criamos laços que dps teimamos em não destruir.

gosto de vir aqui. sinto-me "acompanhada" nas minhas angústias e alegrias.

quando é uma mulher a escrever, parece sempre mais real.


De alexiaa a 26 de Setembro de 2007 às 13:45
Olha...eu acho é que quando é um homem a escrever parece coisa do outro mundooooooooo:)))

Aparece!


De Su a 26 de Setembro de 2007 às 10:05
È como uma praga, um vicio desmedido, um cheiro que se nos prega á pele, e nada, nada a não ser o tempo traz-nos alguma sobriedade... ás vezes passa por completo, ás vezes fica-se com algum vestígio de tamanha Droga... querida, é como na roleta russa, tudo uma questão de sorte, qual voodoo mais claustrofóbico! PAIXÃO!
:)))

Beijo a transbordar de simpatia, nada de excessos!
Hoje to sensivel, a mudar de pele!


De alexiaa a 26 de Setembro de 2007 às 13:48
Não é nada su, é só um texto carregadinho de exagero, a verdade verdadinha é que os dias correm sem vestigios dessa droga que falas:))

Beijo politicamente correcto, o teu sem excessos obrigou-me a responder-te duma forma comedida, nada como retribuir na mesma (não) medida:)


De Su a 30 de Setembro de 2007 às 20:23
ah... ja somos duas! só te conto foi doença q me deu, tao forte como se foi um dia, apesar de ter demorado mais q a encomenda, mas.... hoje em dia vive-se num sossego, ou falta dele enfim, depende o ponto de vista, bem, mas isso já são outros assuntos! sérissimos! enfim, pragas á parte... fico a reflectir no beijo q te deixei, q por falta de habito suou a coisa fraquita, (acho)... pois é, tens mesmo razão, foi mau... para ti os beijos só tem q ser grandes e cheios de excessos, sim assim é q é, vivamos de alma florida e sorriso grande para dar beijos dos maiores que o mundo tem... e se assim os oferecemos, assim os queiramos com todo o direito!
:)
Hoje tava pra prosa de café... enfim, chove lá fora, e... olha,
bEiJoOOOO grande, esticado, doido, cheio de humor e carinho dentro, rodeado de um Xi-coração q só amiga q sabe ser amiga dá!

To cheia de novidades... mas... continuo sem porra de pachorra p escrever lá na minha esquina (?)!!!! :)))))


De pedro alex a 26 de Setembro de 2007 às 11:18
E eu que gosto tanto de fantasminhas… nada, nada de nada, 0 vezes 0, nunca tive a sorte de conviver com um.
Dizem que só os especiais vêm fantasmas, concluiu que tu és especial, o Mourinho, eh eh, é especial.
Resumindo, princesa, bem que podias ir treinar um grande clube. Afirmo peremptoriamente que darias uma BELA treinadora:):)
BBQM i.e. Bjs buhhhh que medo!


De alexiaa a 26 de Setembro de 2007 às 13:52
Olha lá eu tão estupida agora:
Eu não falo de fantasminhas no meu texto, por norma não escrevo com inhos nem inhas:)))).
Bem...não sobrevalorizes as capacidades desta princesa, treino diariamente 3 pestes(zinhas) e olha que não sinto isto a correr muito bem.

BTMDTC, HLG"V"


De RB a 27 de Setembro de 2007 às 01:19
Acho que ao ler os teus textos, qualquer homem fica a questionar-se se existirá alguém que pense dele o que reflectes nos teus textos. Se existir, serão felizes.


De alexiaa a 30 de Setembro de 2007 às 18:58
Tens razão, tenho textos onde penso o melhor de alguem...


De mac a 27 de Setembro de 2007 às 20:00
Fantasmas à solta, esqueletos no armário...de vez em quando todos temos este sobrenatural na nossa vida.
Esperemos que o teu fantasma seja smpático como o Gasparzinho.


De alexiaa a 30 de Setembro de 2007 às 19:02
Não sei como interpretar esse teu desejo animado para o meu fantasma:), mal por mal preferia que ele fosse à imagem dum protagonista de livro de cordel, altivo, musculado e muito moreno porque para branquela já basto eu!:))


Comentar sem frete

O minimo sobre mim


ver perfil

. 11 seguidores

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Estas são as Ultimas

Aos sonhos que vão diminu...

Even...

Revivendo uma invenção!

Quase por encomenda...:))...

Tenho pena de não ter mem...

Não me ames…ambiciona-me!

Colocado em finais de Abril de 2006

Free Web Counter
hit Counter