Quinta-feira, 21 de Junho de 2007

Falo dum momento…

 
Seguro-te trémula, dividida entre o bom e o estrondoso…indecisa entre a gargalhada e o sorriso!
Tenho-te a endoidecer-me a cabeça de forma pegajosa, a cansar-me o corpo de maneira invasiva, a consumir-me vislumbres de paz sem piedade!
Paro para respirar enquanto escrevo e sem evitar sentir, desvio a camisola do ombro para o embeber com um choro descabido e desaustinado…pareço doida!
Sei que te seguro, sei que te tenho, duvido se te apago…se te dispenso!
 
Oscilo de olhos fechados entre o alento e a resignação…desespero ou anseio, procuro-te ou sufoco-te?!
Alastras por mim inteira de forma pertinente, sugas-me a energia, arrancas-me a sanidade encurralando-me num tormento que me dilacera a alma!
Tento controlar-me sempre que chegas desta forma e obrigo-me a uma pausa onde me abraço em solidão, onde quebro de medo…estou doida!
Estou certa que não quero abdicar, que qualquer dor é preferível ao vazio na minha mente, que conceder-te alma mais sossegada para povoares está eternamente fora de questão.
 
Não amor…não falo de ti!
 
música: everything but the girl

Inventado por alexiaa às 20:10
link do post | comentar | favorito
20 comentários:
De conguinho a 21 de Junho de 2007 às 22:44
A tentativa de controle muitas vezes é impossivel. Tb eu me tenho tentado controlar em algumas situações onde n tenho nada a perder em as fazer mas por outro lado tb nao ganho nada fazendo-as.
beijokinhas


De alexiaa a 22 de Junho de 2007 às 20:15
Que se lixe, ganhamos paz de espirito e evitamos roer a unhas:))

Bjo


De pedro alex a 22 de Junho de 2007 às 13:07
Que doidice pegada, mas que rebuliço, parece um arraial em que a indecisão leva-me a escolher sempre o “par” menos bom. Depois, óbvio, acabo todo calcado, mas satisfeito pelos apertões e outros "ões".
Sem dúvida que prefiro sair todo dolorido, bem cansado e sugado lá do arraial, do que de forma serena como quem sai da valsa inglesa e agradece formalmente a performance do “par”.
E agora, hem, hem, quem tem mais doidice, por muito que tentes, por muitos rounds a que te proponhas galhardear a doidice comigo, bato-te aos pontos.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
Bjs HMC, i.e. hiper mega convencidos…




De alexiaa a 23 de Junho de 2007 às 17:13
É oficial, o meu espaço foi invadido por um obcecado por arraiais!
Já dizia a minha santinha( maezinha)...não se contrariam os...ai que não me lembro, era convencidos???:)))

Não ha beijo, segue um beijinho porque estas a ficar muito usurpador:)))


De A.S. a 22 de Junho de 2007 às 14:25
Alexia, na verdade por vezes parecemos doidos, quando mergulhamos num turbilhão de emoções que não controlamos.
Acho que todos já sentimos isso! E quando assim acontece, não podemos ficar a ver como o céu se despe, ou se despede de tudo o que foi luz e se transforma numa melodia de sombras...


Um beijo... e bom fim de semana!


De alexiaa a 23 de Junho de 2007 às 17:14
Pois...esta Alexia as vezes mergulha nesse turbilhão:))

Bom fim de semana tb para ti!


De V.A.D. a 23 de Junho de 2007 às 01:34
Intenso, dramático, poético... O texto é ínvio e desconcertante, tal como a insinuante insanidade do momento...
Votos de um excelente fim de semana.

Beijo... :-)


De alexiaa a 23 de Junho de 2007 às 17:18
Ínvio...confesso que tentar perceber porquê tb me esta a endoidecer:)) Naaaa...sou eu a dramatizar, no fundo sou esperta para caraças:)

Então...que o fim de semana seja excelente para ambos!

Beijo...:-)


De cuotidiano a 23 de Junho de 2007 às 11:33
"if you're not with the one you love, love the one you're with" - era o refrão de uma canção dos idos anos 60/70, quando o povo era mais descontraído e menos preocupado (isto, claro, até ser mandado dar e receber tiritos para o Vietnam, Angola... aí talvez um pouquinho de preocupação desse jeito!).

Adiante, também não interessa, já que o Amor não é transcendental, não é assim? Se calhar, à medida que se vai recreando nos corpos talvez se vá também recriando. Talvez. Não sei. Vou experimentar com um pato de loiça e depois voltarei com mais certezas. Ou não. Ou não voltarei, já que terei ido para o Brasil passar férias com o pato. Talvez. Não sei.

Beijo



De alexiaa a 23 de Junho de 2007 às 22:49
Nunca fui rapariga de refrões, muito menos descontraida...mas sou minuciosa em certas coisas e quando interrogo não é retórica, é indagação à seria!:)
Boas férias para ti e para o pato. :))

BJ


De cuotidiano a 24 de Junho de 2007 às 18:39
Muito obrigado. Felizmente não tenho questões existenciais, apenas um grande bico. ('pera aí, esta soou a ordinarice - censura isto, faxavor!)

Ass. O pato (cum ganda bronze!)


De alexiaa a 24 de Junho de 2007 às 19:34
:)))), eu questões tb não mas umas crisezitas as vezes não dispenso!

Não censuro bicos de pato...já os de papagaio transmitem-me uma sensação grande de impotência, logo...neste espaço são proibidos!

Ass. A pata autêntica( coberta de ouro)


De Alexandra a 23 de Junho de 2007 às 13:27
Alexia,

adorei as tuas palavras!
A indecisão... entre o fazer e o não fazer, entre o deixar acontecer ou, nem por isso... enfim, as dicotomias com que sempre somos confrontados.

Há tempos atrás talvez te dissesse que mais valia pensar primeiro. Agora digo que o melhor a fazer é deixar acontecer. O depois? Logo se vê!!!

No entanto... esmiuçar a quente... apetece sempre, só que ás vezes não dá o resultado que queriamos ;))

Escreves de uma forma que eu nunca conseguiria. Por isso gosto tanto de cá vir :)

Bjocas e bom fim de semana!


De alexiaa a 23 de Junho de 2007 às 22:53
Ai Alexandra...hoje ando para aqui a responder mas a disposição é fraquita, tou num dia meio merdoso:)))

Vou tentar esmiuçar a frio:))), mas não me parece que va ser bem sucedida, tenho aquilo que se chama reacção precoce:))))

Bj


De mac a 23 de Junho de 2007 às 21:47
Há momentos em o remoinho das emoções toma conta de nós, deixando-nos confusos e perdidos. Só o tempo nos acalma.


De alexiaa a 23 de Junho de 2007 às 22:55
Pois...acredito que para o comum dos mortais seja assim que funcione, infelizmente no caso desta personagem não posso concordar contigo, criei-a para não se deixar acalmar:))
Bem vinda!


De Diva a 27 de Junho de 2007 às 13:33
Intenso. Combinando com aquilo que sao meus gostos. O final entao...ufff
Bjs meus


De alexiaa a 28 de Junho de 2007 às 10:48
uff tb é intenso sabias?:)

Beijoooo


De Su a 6 de Julho de 2007 às 03:21
... se te defeni-se hoje, aqui, terias tudo pra ser um tango, alias, n sei q raio andas a fazer, mas quem escreve assim, bem, tu já sabes o resto!

:)

bjs bjs bjs


De alexiaa a 8 de Julho de 2007 às 18:12
Sim Su...já sei que um dia destes tenho de..aprender danças de salão:)))

BJSSSSSSSSSSS


Comentar sem frete

O minimo sobre mim

Estas são as Ultimas

Aos sonhos que vão diminu...

Even...

Revivendo uma invenção!

Quase por encomenda...:))...

Tenho pena de não ter mem...

Não me ames…ambiciona-me!

(Re)Invenções antigas

Setembro 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Colocado em finais de Abril de 2006

Free Web Counter
hit Counter