Sexta-feira, 25 de Maio de 2007

???

 

Passo-me da cabeça com este precisar de um amor fantástico para conseguir ser boa pessoa, para desarmar conceitos inflexíveis, para quebrar securas infiltradas.
Tenho dias em que me enraiveço por não ter conseguido manter-me céptica durante o nosso tempo…ou se calhar esta raiva é por ter deixado a tua partida apagar o que contigo aprendi a ser!
Este é o dia em que tomo consciência de que estive quase lá…o instante em que de forma convulsiva soluço uma perda imbecil, a noção límpida da saudade sempre presente que me atira de rompante para um desespero que me extingue!
Enfureço-me com esta personalidade incoerente, com esta mulher que contigo derrubou barreiras de juízos pré concebidos, que por ti abandonou posturas ásperas e tiranas.
Ai…tenho dias em me dói tanto o retorno da descrente…ou dói-me tanto a lembrança do que melhor sou…ou fui!
E agora sinto-me perdida. Perto da razão que seguramente me indica o caminho mas nada longe doutra data sufocante em que voltarei a não perceber se sou quem esteve contigo ou se apenas sou metade de mim!
 
 

 

música: Placebo

Inventado por alexiaa às 19:37
link do post | comentar | favorito
36 comentários:
De Sr. Dr. Ricky a 25 de Maio de 2007 às 22:01
Nós somos todos incompletos...uns são metade do que podem ser, outros um terço...alguns os há que estão quase a atingir a inteireza... A esses restam poucos anos de vida já...
Custa ver-se as coisas a desmoronarem-se...mas há sempre conclusões certas: ou se reconstrói (e nunca é tarde) ou se dá uns quantos passos à frente e voltá-se a construir do zero...mas o importante, é dares esse passos com o que aprendeste do fracasso. Basicamente, temos todos um pouco de fénix.

Não te preocupes, desistir é a última coisa que faço =) Haverá mais oportunidades e fica já aqui um pré-convite =) beijocas =)) **


De alexiaa a 28 de Maio de 2007 às 21:03
Não tenho fracassos:).
Bem..espero mesmo que da proxima dê para ir:)))

Beijinhos


De cuotidiano a 26 de Maio de 2007 às 04:14
Alguém que "tenhamos", com quem nos "entranhamos", fará sempre com que sejamos "mais do que somos", um "eu maior", independentemente do tempo de "duração".

Ao deixarmos de a ter, nunca seremos "menos que um", já que iremos ser sempre nós mesmos mas mais enriquecidos, mais cheios, mais "gente".


... em overdose de aspas e de filosofia de pacotilha, despeço-me


Beijo



De alexiaa a 28 de Maio de 2007 às 22:12
Subscrevo essa teoria:) mas nem sempre a vislumbro na pratica. É uma questão de dias...ha aqueles em que ficamos "pobrezinhos" de todo:)))

Cachimbos...overdoses..isto anda:)))

Beijo


De kalinka a 26 de Maio de 2007 às 15:33
Olá
Celebrei os dons da terra e misturei-me com os sons do mundo sem coisa alguma...fui durante 4 dias de mini-férias para o Alentejo profundo.
Comecei por Estremoz e fui em seguida para Évora e daí em diante.

Pelo kalinka poderás ler sobre o meu «Même»:
"Para ser grande, sê inteiro:
nada Teu exagera ou exclui.
Sê todo em cada coisa.
Põe quanto és
No mínimo que fazes.
Assim, em cada lago a LUA toda
Brilha, porque alta vive.
"Ricardo Reis"

Beijinhos.
Bom fim de semana.



De alexiaa a 28 de Maio de 2007 às 22:14
Eu cá pelo kalinka não li balhufas:))).


De Broken a 28 de Maio de 2007 às 01:11
No meu post anterior despedi-me da Broken…
Convosco partilho alguns excertos de um monólogo por mim escrito de coração aberto áquele a quem Broken sempre se dirigiu.
Nas minhas palavras perceberão a razão pela qual me despedi da personagem por mim criada, à minha imagem, enquanto mulher invadida pela dúvida.


De alexiaa a 28 de Maio de 2007 às 22:15
Hum...a informação esta dada!

bj


De Diva a 28 de Maio de 2007 às 07:42
Isso e ser MULHER! Contradicoes...essa sou eu! Ser metade ou completa? Hoje e ser e amanha e nao ser... Que somos?Eis a questao... MULHERES acho que e a unica resposta.
Bjs meus


De alexiaa a 28 de Maio de 2007 às 22:17
Pois, ser mulher não é facil mas não foi bem isso que quis ( eu nem quis...) transmitir:)))
Bjo


De Tacitus a 28 de Maio de 2007 às 17:05
Isso é aquela fase em que o impulso da razão e o impulso do coração entram em divergência...complicadissimo!!!! Boa sorte!
Um beijo e uma saudação em tons de verde ;)))


De alexiaa a 28 de Maio de 2007 às 22:19
Não é nada uma fase:)))), é um post muito do lamechas em que me pergunto se algum dia vou ser boazinha:))))

Beijo e grata pela saudação leonina...sinto que foi tirada a ferros:)))


De conguinho a 28 de Maio de 2007 às 18:47
Somos aquilo que aprendemos conjugado com um sem numero de factores externos. Temos de tentar e dar sempre o melhor de nós só assim conseguiremos e acredito ...


De alexiaa a 1 de Junho de 2007 às 22:25
Temos..pois temos!
Olha...bom fim de semana:)))



De pedro alex a 28 de Maio de 2007 às 20:47
Um dia, quando for crescido nos sentires, talvez consiga escrever qualquer coisa parecida. Por enquanto sinto-me um aprendiz, incapaz de escrever como escreveste, porque, em consciência, nunca estive perto do “quase lá”.
Ou se calhar, os “quase lá” vão variando de aprendiz em aprendiz tais como as noções de perto e longe ou muito e pouco, que só se justificam se forem comensuráveis, e mesmo assim…
Levas-me ao rubro com as palavras, a maturidade com que as escreves é indecentemente deliciosa.
Bjs… Imaturos pa contrastar, ou simplesmente serem do contra:)


De alexiaa a 1 de Junho de 2007 às 22:35
Fui ao dicionário procurar um sinónimo de rubro...queria ter a certeza do local onde te levo! Escusado será dizer que seleccionei as duas que mais me convieram porque achei estimulante a perspectiva de te sentir afogueado e ardente sempre que alinho umas simples letrinhas:)))))


Beijo…pálido, simplesmente para contrariar tanto vermelhaço:)))



De imensa a 29 de Maio de 2007 às 11:24
desapareci...mas voltei, acho!


beijo imenso


De alexiaa a 1 de Junho de 2007 às 22:36
Cá estamos à espera:))

Beijo


De mochofalante@hotmail.com a 30 de Maio de 2007 às 01:19
que grande tumulto que aqui vai!!!

beijocas


De alexiaa a 1 de Junho de 2007 às 22:36
Exacto...o tumulto é por aqui:))))

Beijocas:)


Comentar sem frete

O minimo sobre mim

Estas são as Ultimas

Aos sonhos que vão diminu...

Even...

Revivendo uma invenção!

Quase por encomenda...:))...

Tenho pena de não ter mem...

Não me ames…ambiciona-me!

(Re)Invenções antigas

Setembro 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Colocado em finais de Abril de 2006

Free Web Counter
hit Counter