Quarta-feira, 10 de Janeiro de 2007

2007

As premissas para o ano novo surgem emaranhadas num desejo ambíguo e indeciso.
A reciclagem (que vergonha) é indiscutível, a lavagem assídua do meu carro inquestionável e os atrasos de pagamentos por esquecimento inconcebíveis!
 
A compensar tanta determinação estão as sombras…tentativas sôfregas de te prender, esforço sofrido para me soltar, noites angustiantes de saudade, noites de conciliação com a saudade…
Vacilo…é melhor acompanhares-me mais um ano cravado fatalmente por mim inteira ou interiorizo que fatal é só a tua ausência e consumo-te só espiritualmente separando-te da minha pele?!
Mal me fazes…Bem me fazes…
 
(Custa-me não ter capacidade para retribuir comentários, não sentir o raciocínio límpido e célere, não corresponder delicadezas inesperadas)

Inventado por alexiaa às 22:04
link do post | comentar | favorito
9 comentários:
De pedro alex a 10 de Janeiro de 2007 às 22:47
Sou o primeiro a comentar-te este ano, faz-me sorrir e dizer “boa, foste o primeiro”, o resto não me interessa, nem se interessa! Depois leio-te melhor. Não sei se comentarei melhor, não faço mesmo ideia.
Bjs


De Su a 11 de Janeiro de 2007 às 13:22
bangbang e lá se foi mais um ano!

:) nice to see u!

bejo!



De igara a 12 de Janeiro de 2007 às 09:51
Alexia, a determinação (daquilo que se pretende) e a indefinição (daquilo que não sabemos pretender), serão sempre as parcelas que equacionamos em cada passo que damos! Só desejo, que tudo na tua vida se cumpra com determinação e que a indefinição te traga clareza suficiente, para que consigas para ti, apenas o que te faz bem!

Quanto ao teu parêntesis final, entendo o teu sentir porque me debato com o mesmo problema. De toda a forma, para mim nem me faz diferença. gosto de te vir ler, e pronto!

Para ti, neste Ano, desejo-te o que desejo para mim mas em dobro! :)


De Araj a 12 de Janeiro de 2007 às 11:40
Mais do que qualquer palavra, o que verdadeiramente conta é a presença…


De @mour a 15 de Janeiro de 2007 às 23:58
Tenho lido os seus posts sem comentar. Hoje resolvi deixar escrito que gosto de ler o que escreve.


De .*.Magia.*. a 18 de Janeiro de 2007 às 16:23
Essa inercia de que falas também tenho delas aos molhos...
fizeste-me lembrar que deixei de fazer planos em inicio de ano, porque a frustração de não os cumprir é bem pior do que ter a noção nitida de que a inércia se instala...
Cada novo dia um ciclo...foi assim que aprendi a lidar comigo...não sei se resulta, mas pelo menos não me deixa tão frustrada!!!!

Até outra magia!


De Tacitus a 18 de Janeiro de 2007 às 16:32
Premissas ambíguas estas...pode ser que no fim, vença o "bem me fazes". Bom ano!


De Patricia Ran Norr a 18 de Janeiro de 2007 às 20:56
Estou aqui! Vem ao meu jardim de Orquideas e descansa... Quem sabe sob a Luz que lá existe, não recuperas essa energia. :)
1000 pétalas de Luz


De Sr. Dr. Ricky a 18 de Janeiro de 2007 às 21:17
Um novo ano ^^ já vamos avançados nele mas nunca é tarde demais para se desejar um excelente ano, cheio de boas, novas e fantásticas inspirações para a tua vida =)

Quanto a um convite para uma peça, estás imediatamente convidada! Agora haver peça...isso é outra história =P O que mais gosto naquele grupo é que nós fazemos o nosso próprio ritmo de trabalho (isto pode parecer estúpido de se dizer já que todos fazemos isso, mas ali é tudo levado na paz, no relaxamento...na calma!) As coisas surgem =) E quando surgirem, juntamente com uma data, aqui estarei para te avisar ^^

Beijinhos ** =))

PS: hey, não tenhas vergonha de reciclar que é um acto muito nobre =P Um dever cívico até *


Comentar sem frete

O minimo sobre mim


ver perfil

. 11 seguidores

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Estas são as Ultimas

Aos sonhos que vão diminu...

Even...

Revivendo uma invenção!

Quase por encomenda...:))...

Tenho pena de não ter mem...

Não me ames…ambiciona-me!

Colocado em finais de Abril de 2006

Free Web Counter
hit Counter