Quarta-feira, 29 de Novembro de 2006

Primeiro Ano...

Estava decidido há já algum tempo que no dia em que este blog fizesse um ano iria apagá-lo!
A altura em que o iniciei foi uma fase muito especial na minha vida, em que sem me dar conta as invenções diárias de anos e anos começaram a tornar-se gastas, em que as noites de delírios fantásticos já não terminavam com a alma sossegada.
Inesperadamente perdi o sono e a imaginação, as horas passavam dolorosamente lentas e as minhas criações ilusórias escapavam contrariadas perante o meu desespero de não as conseguir agarrar.
Um dia sentei-me aqui e criei um blog…sinceramente nem sei onde fui buscar esta ideia, nunca tinha lido nenhum, só sabia da existência disto por ter falado superficialmente sobre o assunto com um amigo!
No momento em que me é solicitado um título a palavra surgiu de repente! Não pensei no assunto, foi imediato. Naquele instante percebi a urgência de recuperar as minhas fantasias em prol dum equilíbrio mental que estava de certa forma comprometido por saudades, duvidas, expectativas defraudadas e essencialmente pela ausência de sonhos!
O problema é que as histórias que inventava já não me serviam, a intensidade com que tinha vivido algumas coisas colocavam agora o target dos devaneios muito alto e eu tinha imperiosamente de me…Reinventar!
Não sei se isto é de fácil entendimento. Sei que o tempo aqui passado ajudou-me nesse sentido e hoje reaprendi a divagar antes de adormecer duma forma que me consola e ampara e sem a qual não sei definitivamente viver!
 
Faz hoje um ano que comecei a escrever para ti, para ti que não interessa se existes, para ti que me inspiraste em noites de solidão, para ti que valorizei sem me preocupar com o facto de o mereceres, para ti que um dia eras um e no outro eras outro, para ti…que de mentira ou de verdade fazes parte da minha vida de tal forma que se torna impossível neste momento apagar-te!
Talvez…talvez quando fizer dois anos…

Inventado por alexiaa às 16:32
link do post | comentar | favorito
20 comentários:
De 'Tá Difícil a 29 de Novembro de 2006 às 16:39
Ainda bem que resolveu não apagar... se soubesse a falta que me faz.

Um beijo de parabéns aqui também.


De Salexia a 10 de Agosto de 2017 às 22:20
Olá tá difícil, convide me lá para o seu blog ou mande me um mail para onde o possa contactar...


De Maria M a 29 de Novembro de 2006 às 16:50
Vim até cá directamente do ´Tá Difícil. Aliás já cá tinha vindo.
Continuas a escrever muito bem, com uma enorme intensidade e expressividade. Gosto muito.

Parabéns pelo aniversário.


De aquiloqueeuescrevo a 29 de Novembro de 2006 às 22:04
Escrever tem esse dom maravilhoso de nos aliviar, de nos libertar, de nos fazer divagar e reviver momentos como se eles estivessem mesmo a acontecer de novo... E é aí que nos "reinventamos"!
(Não te acontece, por vezes, ao escreveres sobre determinado acontecimento, voltares a sentir [quase] exactamente o que sentiste na altura em que o viveste?)
Beijinhos***


De Miguel a 29 de Novembro de 2006 às 23:22
que contente que fico!
muito bem!
sabes, é por pessoas como tu
e como as que descreves,
que também tenho um blog.
um grande beijo!
Miguel


De AP a 30 de Novembro de 2006 às 11:17
Entrei aqui pela primeira vez e estive a ler alguns dos teus textos. Encontrei neles intensidade, verdade e sentimentos genuínos, não pensados mas sentidos. É por esta razão que hoje tenho um blog que já terminei mas ainda existe e outros dois para os quais escrevo exactamente da mesma forma.

Congratulo-me por ter passado aqui e perceber que vou poder continuar a acompanhar-te.

Deixo-te uma beijoca e, até breve.


De Zahir a 30 de Novembro de 2006 às 16:28
Minha querida, já me fizeste sorrir! :)
Parabéns, estarei sempre por aqui...pelo menos por mais um ano!
Bom fim de semana


De pedro alex a 30 de Novembro de 2006 às 19:03
Acho que é de fácil entendimento. Quanto maior é a representatividade do facto, o devaneio correspondente, para que satisfaça, terá de ser enorme; por isso me pareceste Azul… mas pensei que isso fosse segredo:)))
Logo, o devaneio chamado alexxia é enorme, o facto não sei como se chama:))), mas deve ser enorme na mesma.
Bjs

Ah… também não consigo apagar-te… dos Favoritos claro;)


De Su a 3 de Dezembro de 2006 às 09:31
E eu q me espantei contigo de tao longe, espero-te para sempre, n sei onde, mas de uma ou de outra maneira prego-te á minha pagina. N me leves a mal, sou de paixões.
:)
Ganda mulher!
Toma lá mais um beijo nesse coração!


De imensa a 3 de Dezembro de 2006 às 22:51
acima de tudo parabéns!

ainda bem q tenho mais um ano pela frente para ler-te!

bom inicio de semana

beijo imenso


De gostomuitissimodeti a 3 de Dezembro de 2006 às 22:53
apagar....para quê?

PARABENS!!!!!!!


gostomuitissimodeti


Comentar sem frete

O minimo sobre mim

Estas são as Ultimas

Aos sonhos que vão diminu...

Even...

Revivendo uma invenção!

Quase por encomenda...:))...

Tenho pena de não ter mem...

Não me ames…ambiciona-me!

(Re)Invenções antigas

Setembro 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Colocado em finais de Abril de 2006

Free Web Counter
hit Counter