Quinta-feira, 16 de Novembro de 2006

Convocada a...

Tenho a mania (ou seja, o habito horrível) de ter fases em que não quero falar com ninguém.
São momentos estranhíssimos em que o simples toque do telefone me incomoda, os problemas dos outros cansam-me, as histórias alheias são-me indiferentes, o preocuparem-se comigo aborrece-me de morte!
 
Tenho a mania que sou uma grandessíssima cabra.
A verdade é que ainda não decidi se isto é uma mania que se me meteu na cabeça ou a pura realidade. A pose não é simpática, o convívio nem sempre ameno, mas compenso nos dias difíceis do mês em que choro sentidamente com um simples anúncio de televisão para pensos higiénicos!
 
Tenho a mania de…ora, isto não vai ser fácil de explicar mas é algo muito ao jeito do Jack Nickolson em “ Melhor É Impossível”.
Se puxo o elástico da cueca para o lado direito…tenho de puxar também o lado esquerdo. Se mexo os deditos dum pé para o desentorpecer, o outro fica inquieto se não leva o mesmo tratamento…e por aí adiante!
 
Tenho a mania que sou desastrada.
Não sou! Os “acidentes” vem ter comigo. Nada do que me acontece é culpa minha.
 
Tenho a mania que a minha bexiga é de capacidade normal.
Não é! Sou constantemente confrontada com uma repentina vontade de fazer xixi. Infelizmente e como a mania é quase uma certeza, dou por mim nas situações mais estranhas que possam imaginar.
 
Tenho a mania de recusar este tipo de correntes.
Esta é um bónus, só me foram requisitadas cinco! No entanto há “Miúdas” irresistíveis:)!
 
 
 
 
 

Inventado por alexiaa às 21:11
link do post | comentar | favorito
15 comentários:
De Essa Miuda a 17 de Novembro de 2006 às 09:19
Ehehehehe ... E à conta da minha "irresistibilidade" lá te descaíste com seis... :) ... Hummmm ... E eu identifico-me com aquela de chorar com os anúncios dos pensos higiénicos, em certos dias do mês...Esqueci-me dessa - não me queiram conhecer num desses dias, porque não há paciência..! E a mania do "equilibrio", hein? Essa é original. Obrigada por teres acedido ao convite (também não fazem o meu género... mas também tenho a mania de não quebrar correntes... inofensivas...) Beijinhos.


De Su a 17 de Novembro de 2006 às 09:47
Caneco, e eu q pensava que este meu mau feitio era pessoal e intransmissível! Ahahah gotcha!

Ès uma cabra? Puta de vida a minha, logo vi que sempre tive mais jeito para falar com animais! To farta de gente normal!

Jack Nickolson? Melhor é impossível! Aquele sorriso inspira-me!

Mas, tenho q admitir, há reclames que fazem soltar lágrimas da pele, e depois vem aquele nó pra o k esta ao lado n se aperceber q afinal sou uma lamechas!

Sobre os dedos dos pés… temos q conversar a sério um dia destes!

Adoro-te sua cabra desastradamente louca! Mmmméééééééé´mmmmmmmm mmmm

:)


De imensa a 17 de Novembro de 2006 às 15:31
muito bom! Estás a ficar uma expert no que concerne a textos subtis onde ficamos com um sorriso nos lábios quase a imaginar os cenários.

um beijo imenso


De gostomuitissimodeti a 17 de Novembro de 2006 às 15:34
:) de cetim, linho, algodão.....
o que importa somos nós na nossa genuína sensualidade.

adorei o texto

bfs - gostomuitissimodeti


De Miguel a 17 de Novembro de 2006 às 21:39
Que interessante que tu és!
Uma pessoa normal dentro da normalidade real e não ficcionada...
Mereces um brinde!!!
Dois brindes!
Beijos,
Miguel


De pedro alex a 17 de Novembro de 2006 às 23:14
:))) gandassíssima cabra:))) acho um must.
Bjs


De aquiloqueeuescrevo a 18 de Novembro de 2006 às 11:08
"Se mexo os deditos dum pé para o desentorpecer, o outro fica inquieto se não leva o mesmo tratamento…e por aí adiante!"
Isto existe mesmo?? Eu sempre pensei que era a única a ter essa mania! :D
Bjo***


De Simão a 18 de Novembro de 2006 às 16:36
"Cops or Criminals. When you're facing a loaded gun what's the difference?" - in The Departed by Jack Nicholson

Aposto que vais perguntar o que é que isto tem a ver com o teu texto, mas a verdade é que tem.

Think about it... se não descobrires diz... Eu não te vou dizer mas vou-te encaminhar para a resposta


De alexiaa a 18 de Novembro de 2006 às 23:51
Ok...espero as indicaçoes...apesar de já ter associado a coisa ao...filme...( que ainda não vi)


De Sr. Dr. Ricky a 18 de Novembro de 2006 às 23:45
Eu tenho a mania que sou perfeccionista! Tenho a mania que sou forte. Tenho a mania que, por ser forte (sentimentalmente), aguento com qualquer desabafo vindo de qualquer pessoa (mesmo não a conhecendo). Tenho a mania que faço as coisas bem feitas, e quando me apercebo só faço m****. Tenho a mania que sou inteligente, tornando-me insuportável!

Sei lá! "Cada maluco com as suas manias!"

Beijocas =) **


De Simão a 19 de Novembro de 2006 às 02:30
Basicamente, esta frase não tem nada a ver com o filme que eu por acaso já vi.
Essa frase fora do contexto significa uma escolha: "...What's the difference?"
The difference está na postura a tomar =) portanto one loaded gun tanto pode ser benefica como não.
Acho que o mesmo se enquadro ao texto. Obrigado por estes segundos de atenção


Comentar sem frete

O minimo sobre mim


ver perfil

. 11 seguidores

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Estas são as Ultimas

Aos sonhos que vão diminu...

Even...

Revivendo uma invenção!

Quase por encomenda...:))...

Tenho pena de não ter mem...

Não me ames…ambiciona-me!

Colocado em finais de Abril de 2006

Free Web Counter
hit Counter