Quarta-feira, 13 de Setembro de 2006

Escusado resistir…

A fúria da esperança trepa tão inesperadamente que por vezes até me espanto.
É desconcertante estar chorosa e em desânimo total assistindo contrariada à invasão duma crença inconveniente que sem ser convidada resolve manifestar-se e trazer-me de volta as certezas pueris da adolescência!
Tenho dias em que me apetece culpar alguém. Não há direito que uma mulher necessite profundamente de entrar em depressão e que isso não lhe seja permitido, o que me remonta a uma fase da minha vida em que me recordo de ter consumido em excesso a chamada literatura de cordel.
Sempre que desanimo com a “fatalidade” de situações irreversíveis, apodera-se de mim subitamente um sentimento de doce conformação e inspiro-me em imagens fabricadas há muito tempo que não permitem que deixe de acreditar!
Os culpados disto são os autores das “Julias” e “Caprichos” que sorrateiramente lia antes de adormecer. Se em miúda tenho lido o fantástico manual “Descubra a cabra que há em si”, hoje não estaria nesta euforia ineficaz de esperança em relação ao Amor! Sim…porque não é útil achar que somos eternas adolescentes, porque desconfio que é muito pouco saudável só adormecer com emoções inventadas e previsões mirabolantes de situações apaixonantes e românticas!
Mas agora é tarde…é tarde para apagar ilusões, é difícil amadurecer os delírios que se entranharam na mente e na pele e assim vou caminhando…fantasiando ainda acordada momentos que sei que hão-de vir, gesticulando apaixonadamente sempre que falo no amanhã…acatando contrariada esta impetuosa fé!
 
 

Inventado por alexiaa às 15:47
link do post | comentar | favorito
19 comentários:
De espumante a 14 de Setembro de 2006 às 00:01
Um beijinho por este excelente post


De pedro alex a 14 de Setembro de 2006 às 16:58
Como seria uma Alexiaa influenciada por um manual de regras que a fariam descobrir uma eventual “cabra” que nela haveria?
As “cabras” andam em rebanhos e há sempre pastores para elas.
Não quero saber, mas não deixa de ser uma tentação imaginar SÓ como escreveria…
“Julias e Caprichos” ao poder porque as “cabras” já lá estão!


De aurani a 15 de Setembro de 2006 às 11:59
Por vezes não vale a pena resistir... estou de volta! beijo


De Princesa a 15 de Setembro de 2006 às 16:32
"Manual da cabra que ha em mim"!
Arrancaste-me "A" gargalhada do dia.
Juro que se encontrar um exemplar desses compro um para ti...e outro para mim!

Minha querida, has vezes somos tão tristemente optimistas, não é?
Patéticas e maravilhosas ao mesmo tempo: é o que os espelhos nos devolvem!!!

Beijinhos,
Princesa


De penumbra a 16 de Setembro de 2006 às 01:27
Prefiro a revista "Gina"... tem mais "literatura" de bolso.
Beijo


De Sr. Dr. Ricky a 16 de Setembro de 2006 às 16:01
Olá Olá =) Sabes que às vezes a esperança nem é uma coisa assim tão má e sonhar alto demais apenas te faz a chegar mais longe do que se sonhares baixinho baixinho...
Mas viver na ilusão é estares a enganar-te a ti mesma! Não te tornes na tua pior inimiga.

PS: voltei =) Beijocaaa**


De igara a 18 de Setembro de 2006 às 10:49
Alexia, nem imaginas ao tempo que ando para comentar este teu post. Decidi-me a fazer isso hoje, apesar de ainda não estar muito convicta do que tenho para te dizer, mas pode ser que até consiga ser coerente. A ver vamos....
Independentemento do que tivesses lido em criança terias ficado sempre presa á tua memória selectiva. Haveria sempre algo que te teria marcado porque o que nos marca é o que melhor se identifica connosco(recordo-me que fiquei extasiada aos 9 anos quando li um livro que se chamava "O Vale dos Reis", que descrevia em pormenores as técnicas de mumificação do Antigo Egipto). Numa análise simplista, tudo o que lemos é condicionado pelos nossos sentires. Provavelmente, se tivesses lido o manual "Descubra a Cabra que há em Si", tornarias, com vontade redobrada, á leitura dos livros de cordel...
Seja lá como for, Alexia, ainda bem que continuas a acreditar que o amanhã te trará tudo o que mereces. Ainda bem que as amarguras e as desilusões, não te tiram a vontade de sonhar, e de sobretudo, acreditar!
Crer é poder! Eu acredito, que quem espera como tu, só pode mesmo é ser Feliz!
Agora, deixo-te...mas antes de ir, deposito um beijo mansinho e um abracinho apertadinho :)


De Tacitus a 18 de Setembro de 2006 às 11:48
Resistir pode significar vencer mas será que vale a pena resistir a certas e determinadas coisas? Resposta não tenho mas tenho um abraço e uns votos de uma boa semana ! ;)


De stressadinha a 18 de Setembro de 2006 às 12:48
“Descubra a cabra que há em si” estou a começar a 'ler' agora... espero já não ir muito tarde!!! ;) Beijinhos xxx


De Xana a 19 de Setembro de 2006 às 13:16
"Eles não sabem, nem sonham,
que o sonho comanda a vida,
que sempre que um homem sonha
o mundo pula e avança
como bola colorida
entre as mãos de uma criança".

António Gedeão



Comentar sem frete

O minimo sobre mim

Estas são as Ultimas

Aos sonhos que vão diminu...

Even...

Revivendo uma invenção!

Quase por encomenda...:))...

Tenho pena de não ter mem...

Não me ames…ambiciona-me!

(Re)Invenções antigas

Setembro 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Colocado em finais de Abril de 2006

Free Web Counter
hit Counter