Domingo, 28 de Janeiro de 2007

Esta minha demência...

                   (Retirada de Festimage , Lucia Novillo)

Leva as mãos geladas ao rosto e esfrega-as nas lágrimas numa tentativa desesperada de que estas sequem para sempre!
É penoso este gesto imediato e incontrolável. Os dedos pequenos são condutores duma experiência, testemunhas duma vida. Estão impregnados com histórias dos dois, trauteiam diálogos de amor, exalam perfumes íntimos, transmitem sensações dementes e recordam-lhe a tortura da saudade!
Abandona-se naquela ânsia de sentir dor e soluça em agonia profunda, em sufoco dilacerante…
 
Estarreço sempre que a encontro assim desalinhada, incomoda-me perde-la para um lugar de dúvidas, de medos, de sofrimento infindo, assusta-me a entrega que faz aquele sentimento inevitável, aquele vazio desvairado.
Olho-a mais uma vez e lá estão os dedos…ora suaves ora violentos, implorando memórias, arranhando desgostos!
 
 
Revejo-me ali, de alma dorida e sangrenta, de corpo encolhido e quedo…
 
(continua)???!!!
música: rodrigo Leão

Inventado por alexiaa às 20:27
link do post | comentar | ler comentários (13) | favorito
Quinta-feira, 18 de Janeiro de 2007

Este blog está uma merda, e…

Já é sobejamente conhecida a minha vocação para temporadas de reflexão que no fundo não são mais que ataques persistentes de preguiça.
Na recta final da última vez que estive em retiro recebi duas mensagens diferentes em palavras mas similares em intenção/ consequência.
 
1: “Quando a lagarta sair do casulo stranfomada em brabaleta, mi liga ta?!”
 
2: “ De mulher para mulher, adoro-te amiga, amo-te mesmo”
 
 E…
 Eu estou uma…chata!
 
música: Gorillaz

Inventado por alexiaa às 21:11
link do post | comentar | ler comentários (18) | favorito
Quarta-feira, 10 de Janeiro de 2007

2007

As premissas para o ano novo surgem emaranhadas num desejo ambíguo e indeciso.
A reciclagem (que vergonha) é indiscutível, a lavagem assídua do meu carro inquestionável e os atrasos de pagamentos por esquecimento inconcebíveis!
 
A compensar tanta determinação estão as sombras…tentativas sôfregas de te prender, esforço sofrido para me soltar, noites angustiantes de saudade, noites de conciliação com a saudade…
Vacilo…é melhor acompanhares-me mais um ano cravado fatalmente por mim inteira ou interiorizo que fatal é só a tua ausência e consumo-te só espiritualmente separando-te da minha pele?!
Mal me fazes…Bem me fazes…
 
(Custa-me não ter capacidade para retribuir comentários, não sentir o raciocínio límpido e célere, não corresponder delicadezas inesperadas)

Inventado por alexiaa às 22:04
link do post | comentar | ler comentários (9) | favorito

O minimo sobre mim


ver perfil

. 11 seguidores

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Estas são as Ultimas

Aos sonhos que vão diminu...

Even...

Revivendo uma invenção!

Quase por encomenda...:))...

Tenho pena de não ter mem...

Não me ames…ambiciona-me!

Colocado em finais de Abril de 2006

Free Web Counter
hit Counter