Quinta-feira, 25 de Maio de 2006

Fica até que eu adormeça...

Será demais pedir de menos?!
 
PS: Não é um enigma, é a letra da canção que traduz na perfeição o que “exijo” em alguns momentos…
 
Este era o curto e grosso “post” que tinha preparado para colocar. A isto “encaixava-se” uma música de gostos ainda mais simples e grossos que por motivos ocultos resolveu boicotar-me e assim obrigar-me a desenvolver uma ideia que não me apetecia muito esmiuçar porque na verdade não há muito por onde o fazer.
Para a maior parte das pessoas isto representa claramente falta de sensibilidade mas há fases em que dizer o que vai na cabeça sem temer julgamentos e moralismos é tudo o que aspiramos! Não sei se isto é algo que surge com a idade, se são detalhes de personalidade que emergem inesperadamente mas alguém que fica apenas a…que se dispõe unicamente a…é em certas alturas uma quase “quimera” impossível de concretizar!
É a noite em que apenas um importa, a madrugada na qual falamos “despidos” de pergaminhos, o momento em que sozinhos desabafamos para alguém que nada necessita em troca!
Isto é querer muito pouco…é ansiar por instantes de paz, ter ao lado “ouvidos” desinteressados de palavras politicamente correctas…é provavelmente uma forma abnegada de amor, é ter optado por renunciar a algo e agora não nos contentarmos com o muito…pouco!
Duma forma mais enlevante surge esta que toca...
 
 
 
 
(Fica a parva da letra para substituir a tola da musica que teimou em não se deixar..”ouvir”)
 
http://vagalume.uol.com.br/paulo-gonzo/fico-ate-adormeceres.html


Inventado por alexiaa às 19:19
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De kiss a 25 de Maio de 2006 às 20:58
Muito bem, seja feita a vossa vontade e já agora a minha, porque ando numa de só ouvir, ouvir e ouvir ;)
Bi


De Picasso a 28 de Maio de 2006 às 18:27
E estou numa só de falar, de falar, de falar e não dizer nada. Um beijo e fica bem, fica feliz. Politicamente incorrecta sempre.


De aurani a 28 de Maio de 2006 às 22:32
Nada é pouco quendo o pouco que julgamos nos enche a alma e nos faz sentir bem. Beijo


De Tacitus a 29 de Maio de 2006 às 17:12
O Caldeirão das emoções borbulha em ti...e fico sempre com um sorriso aberto quando vejo a frontalidade e perspicácia como falas dele...é algo que me liga muito a este teu cantinho...fica um beijo fresquinho para amansar o calor das emoções ;) Boa Semana!


Comentar sem frete

O minimo sobre mim

Estas são as Ultimas

Aos sonhos que vão diminu...

Even...

Revivendo uma invenção!

Quase por encomenda...:))...

Tenho pena de não ter mem...

Não me ames…ambiciona-me!

(Re)Invenções antigas

Setembro 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Colocado em finais de Abril de 2006

Free Web Counter
hit Counter