Quinta-feira, 25 de Maio de 2006

Fica até que eu adormeça...

Será demais pedir de menos?!
 
PS: Não é um enigma, é a letra da canção que traduz na perfeição o que “exijo” em alguns momentos…
 
Este era o curto e grosso “post” que tinha preparado para colocar. A isto “encaixava-se” uma música de gostos ainda mais simples e grossos que por motivos ocultos resolveu boicotar-me e assim obrigar-me a desenvolver uma ideia que não me apetecia muito esmiuçar porque na verdade não há muito por onde o fazer.
Para a maior parte das pessoas isto representa claramente falta de sensibilidade mas há fases em que dizer o que vai na cabeça sem temer julgamentos e moralismos é tudo o que aspiramos! Não sei se isto é algo que surge com a idade, se são detalhes de personalidade que emergem inesperadamente mas alguém que fica apenas a…que se dispõe unicamente a…é em certas alturas uma quase “quimera” impossível de concretizar!
É a noite em que apenas um importa, a madrugada na qual falamos “despidos” de pergaminhos, o momento em que sozinhos desabafamos para alguém que nada necessita em troca!
Isto é querer muito pouco…é ansiar por instantes de paz, ter ao lado “ouvidos” desinteressados de palavras politicamente correctas…é provavelmente uma forma abnegada de amor, é ter optado por renunciar a algo e agora não nos contentarmos com o muito…pouco!
Duma forma mais enlevante surge esta que toca...
 
 
 
 
(Fica a parva da letra para substituir a tola da musica que teimou em não se deixar..”ouvir”)
 
http://vagalume.uol.com.br/paulo-gonzo/fico-ate-adormeceres.html


Inventado por alexiaa às 19:19
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De kiss a 25 de Maio de 2006 às 20:58
Muito bem, seja feita a vossa vontade e já agora a minha, porque ando numa de só ouvir, ouvir e ouvir ;)
Bi


De Picasso a 28 de Maio de 2006 às 18:27
E estou numa só de falar, de falar, de falar e não dizer nada. Um beijo e fica bem, fica feliz. Politicamente incorrecta sempre.


De aurani a 28 de Maio de 2006 às 22:32
Nada é pouco quendo o pouco que julgamos nos enche a alma e nos faz sentir bem. Beijo


De Tacitus a 29 de Maio de 2006 às 17:12
O Caldeirão das emoções borbulha em ti...e fico sempre com um sorriso aberto quando vejo a frontalidade e perspicácia como falas dele...é algo que me liga muito a este teu cantinho...fica um beijo fresquinho para amansar o calor das emoções ;) Boa Semana!


Comentar sem frete

O minimo sobre mim


ver perfil

. 11 seguidores

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Estas são as Ultimas

Aos sonhos que vão diminu...

Even...

Revivendo uma invenção!

Quase por encomenda...:))...

Tenho pena de não ter mem...

Não me ames…ambiciona-me!

Colocado em finais de Abril de 2006

Free Web Counter
hit Counter