Terça-feira, 16 de Maio de 2006

Corrente de Solidariedade

Chegou-me ás mãos um convite para participar em mais uma “corrente”.
Confesso que não sou fã destas coisas mas apesar do pânico inicial e por vários motivos esta é “daquelas “ irrecusáveis!
A ideia é divulgar neste modesto espaço uma instituição de solidariedade social, e aqui começou o meu problema! De início achei que não fazia sentido falar daquilo que não sei e não estava muito virada para pesquisar à pressa sobre o assunto e diplomaticamente debitar informação sobre uma qualquer instituição só para fazer o meu papel de boa samaritana.
Em seguida surgiu-me a ideia de escrever algo que até me era familiar e aproveitar a corrente para chamar a atenção para alguns pontos menos agradáveis das ditas instituições mesmo correndo o risco de ser criticada e cair mais em desgraça aos olhos de algumas almas mais caridosas. Acontece que nesta altura troquei algumas palavras com um amigo que no meio da minha argumentação pessimista diz algo que me deixou a pensar o fim-de-semana inteiro e que passo a citar: “Eu sempre estive de alguma forma ligado a instituições de solidariedade, umas conheço por dentro e outras conheço mais superficialmente. Já vi coisas que me enterneceram tremendamente e já vi coisas que me revoltaram mas continuo porém a preferir olhar de forma optimista!”
Assim sendo e porque acho que ele está coberto de razão, meti mãos à obra e fui pesquisar sobre um tema que me é particularmente sensível o que me encaminhou para a minha escolha:
      (Clique na imagem porque isto deu-me um trabalhão a elaborar)
“A Associação de Mulheres contra a Violência (AMCV) é uma organização não governamental cuja finalidade última é agir contra a violência exercida sobre as mulheres e crianças nomeadamente nas formas de violência doméstica, violação e abuso sexual.
A AMCV nasce em 1992 com o objectivo de dar apoio às mulheres e crianças sujeitas a situações de violência, face à constatação da inexistência de respostas por parte dos organismos oficiais, instituições de solidariedade social e entidades particulares.
É uma associação independente, sem fins lucrativos, cuja actividade é assegurada exclusivamente através do pagamento de quotas por parte dos sócios e donativos.
A AMCV tem por missão contribuir para quebrar e prevenir o ciclo de violência exercida sobre mulheres e crianças.”
 
Contacto:

Alameda D. Afonso Henriques, 78-1º Esq.
1000-125 Lisboa

Tarefa cumprida passo a corrente e dentro do contexto da associação escolhida,  a um grupo de mulheres. São elas a Moonlight, oteudoceolhar, secret stories e evidentemente a…Sonhadora inata!




Inventado por alexiaa às 02:29
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De 'Tá Difícil a 16 de Maio de 2006 às 09:07
Antes de mais obrigado por ter aceite o convite.

Obrigado também por ter escolhido esta instituição, que é bem menos conhecida que muitas das que temos divulgado.

Espero que não lhe tenha doído muito resolver este desafio ;)))))

Um beijo


De Essa Miuda a 17 de Maio de 2006 às 15:33
Evidentemente...?? É justo... é a tua vez de me passares a batata quente... Estou de mudanças, vou abandonar o velhinho blog...e ando com pouco espirito para escrever!! Quando estiver um pouco mais inspirada, prometo aceitar o desafio... Já agora, Parabéns pela escolha... Um beijinho doce pra ti.


Comentar sem frete

O minimo sobre mim

Estas são as Ultimas

Aos sonhos que vão diminu...

Even...

Revivendo uma invenção!

Quase por encomenda...:))...

Tenho pena de não ter mem...

Não me ames…ambiciona-me!

(Re)Invenções antigas

Setembro 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Colocado em finais de Abril de 2006

Free Web Counter
hit Counter