Terça-feira, 9 de Maio de 2006

Quando não me abraças...

Hoje tive um ataque de pânico quando os teus dedos escorregaram de repente da minha mão!
Saímos para o nosso passeio habitual e a falta de aragem impeliu a tua mão para a minha em vez do tradicional abraçar que sempre nos acompanha!
Caminhávamos em silêncio presos no “som” dos pensamentos sintonizados e de vez em quando sentia-te olhar para mim na procura da confirmação desnecessária! Sim, claro que não tinha duvidas de que me querias, do quanto te queria…
De repente gelei…comecei por não receber o calor dos teus olhos! Agitei-me ligeiramente e sem me aperceber como perdi o teu espírito, senti-me desapegada da tua alma!
Dum momento para o outro o céu começou a andar à roda, o coração pulsava impacientemente, as pernas tremiam-me descontroladamente e o vento despoletou inesperadamente precipitando-me tonturas estonteantes.
Sensitivamente percebi que me faltava a tua mão, algo tinha extraído os teus dedos dos meus, alguma coisa tinha arrancado a tua presença dali e eu pensei que morria.
O chão prendia-me ali impedindo-me de te procurar, o suor acumulava-se no meu corpo e a minha garganta secou de tal forma que não conseguia gritar o teu nome!
O medo avançou sem remorsos e tomou conta de mim, tinha-te perdido para sempre…
 
Acordei a chamar por ti…beijaste-me com amor e sem perguntas, conhecias de cor os meus receios!
 

Inventado por alexiaa às 02:23
link do post | comentar | favorito
9 comentários:
De Essa Miuda a 9 de Maio de 2006 às 16:39
E o que são os sonhos senão a revelação dos nossos secretos anseios e, ao mesmo tempo, dos nossos piores receios...?? Se tivermos o cuidado de os analisar, todos os dias, quando acordamos... descobrimos coisas insuspeitas sobre nós próprios... Um beijinho, com carinho...



De Araj a 10 de Maio de 2006 às 10:19
estranho sonho... muito forte...

"Acordei a chamar por ti…beijaste-me com amor e sem perguntas, conhecias de cor os meus receios"

Conhecias ou conheces?


De oteudoceolhar a 10 de Maio de 2006 às 12:05
Não temas nem receies...fácil dizer não é? Também tenho medos e receios parecidos, mas antes te-los é sinal que do outro lado está uma mão para agarrar para acariciar. Alexia perdoa estou em falta para contigo. Mas tem estado complicado hoje vou tentar fazer o que te prometi mando-te depois diz-me alguma coisa...tenho tentado ver se te encontro no msn mas nada :(...Desculpa mais uma vez, um grande beijo n´oteudoceolhar ***


De Insolente a 10 de Maio de 2006 às 13:10
excelente texto, quem lê sente o medo da protagonista... ora entao um grande bem haja


De imensa a 10 de Maio de 2006 às 15:48
consegues arrepiar-me.

um beijo imenso


De gostomuitissimodeti a 10 de Maio de 2006 às 15:55
mesmo sendo pura ficção ou não é sempre dificil.

obrigada por teres adicionado aos teus links

beijo agradecido


De Tacitus a 11 de Maio de 2006 às 11:42
Arrepiante, intenso e carregado de simbolismo...que os Deuses estejam contigo! Beijinho e um bom fim-de-semana para ti ;)


De kiss a 11 de Maio de 2006 às 16:10
É-me difícil comentar. Parece que vou estragar qualquer coisa, mexer no que não se deve.
Mas como já li e reli, se estragar acho que ninguém nota.
A musica… tudo, tudo intocável.


De PM a 15 de Maio de 2006 às 23:44
ainda bem que acabou bem .....


Comentar sem frete

O minimo sobre mim


ver perfil

. 11 seguidores

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Estas são as Ultimas

Aos sonhos que vão diminu...

Even...

Revivendo uma invenção!

Quase por encomenda...:))...

Tenho pena de não ter mem...

Não me ames…ambiciona-me!

Colocado em finais de Abril de 2006

Free Web Counter
hit Counter