Segunda-feira, 1 de Maio de 2006

Premonição

Aceitar ou Negar ?

Autor da foto: Luiz Felipe N. Fonseca

   
 Uma apaixonada confessa pela escrita que ainda espera por ele.
Das suas palavras saem presságios para a outra que lê!
 
 Pressentiu estranhamente que ás vezes “elas” moem o sangue que corre nas veias de forma a este libertar-se e expor-se em …mancha.
 Sentiu antecipadamente o jazer que seria inevitável se o destino não interviesse.
 
Mais seria um “rio” eterno de letras…
 

Inventado por alexiaa às 01:17
link do post | comentar | favorito
6 comentários:
De Araj a 1 de Maio de 2006 às 21:26
Sentido... Lindo...


De MoonLight a 2 de Maio de 2006 às 08:54
Espera! Mas não te deixes ficar parada. Vai em frente. Descobre novos rumos,novos caminhos... Sempre a expressar o que sentes! Fica bem! Bjs de Luz


De Essa Miuda a 2 de Maio de 2006 às 09:37
Não me parece mal que sejas um "rio eterno de letras"... e as confissões sempre nos vão deixando mais leves... Gostava de dizer-te que a espera não será em vão mas, por vezes, o destino é estranhamente surpreendente... E o que nos parece hoje um caminho sem retorno, pode muito bem ser amanhã uma estrada cheia de sentidos...que se querem felizes! Um beijinho grande pra uma beijoqueira de quem gosto muito.


De oteudoceolhar a 2 de Maio de 2006 às 12:58
Estava dificil mas cheguei..."rio de palavras..." e que palavras intensas estas. Dizem que quem espera desespera, mas que também quem espera sempre alcança..Que alcançes e não desesperes. Deixa correr a tinta, fica-te bem seres assim, intensa. Um grande beijo n´oteudoceolhar *


De Tacitus a 2 de Maio de 2006 às 20:57
Li, reli e fiquei com uma sensação de dejá vu...espero que os Deuses estejam contigo...boa semana!


De António a 3 de Maio de 2006 às 14:27
Quero agradecer-te o comentário que deixaste no meu cantinho.

Beijinhos


Comentar sem frete

O minimo sobre mim


ver perfil

. 11 seguidores

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Estas são as Ultimas

Aos sonhos que vão diminu...

Even...

Revivendo uma invenção!

Quase por encomenda...:))...

Tenho pena de não ter mem...

Não me ames…ambiciona-me!

Colocado em finais de Abril de 2006

Free Web Counter
hit Counter