Terça-feira, 28 de Março de 2006

Fim

Parei…finalmente fechei os olhos e parei!

 

Por dentro o peito aperta, aperta duma forma tão intensa que me tira a respiração…

(As saudades do dia em que te ia ter surgem-me vincadas, implacáveis, agonizantes e desmesuradas)

 

Segue amor…finalmente fecho os olhos, choro copiosamente e paro!

(O que resta não mais será abertamente lembrado, apenas secretamente chorado)

 


Inventado por alexiaa às 21:16
link do post | comentar | favorito
9 comentários:
De ... a 29 de Março de 2006 às 00:51
O momento atraiu me...em seguida voltou se e foi se embora a saudade!
Senti relutância em deixa la partir...m mantive me calado!
Uma parte de mim sentia q esta viagem estava longe de terminar...pq sabia q voltariamos a subir à nossa profundidade!
Por fim...tb fechei os olhos e parei...para te sentir!!!
(Gostei...d seu texto)


De Essa_Miuda a 29 de Março de 2006 às 15:03
Alexiaa, o que tiver que ser será... Ninguém merece lágrimas tão copiosas?? Cada vez me convenço mais disso... Olha, agora fiquei deprimida com o raio do texto ...


De oteudoceolhar a 30 de Março de 2006 às 10:26
Sentindo que sofres não fica correcto dizer que gostei, mesmo tendo gostado da forma como exprimiste a tua dor...Minha querida dizem que o mais sábio entre os sábios é o tempo...que ele seja generoso contigo e que deixes num ápice de chorar mesmo que secretamente...porque mesmo assim irei sentir através da tua escrita que isso acontece. Não quero. Beijo n´oteudoceolhar ***


De penumbra a 30 de Março de 2006 às 21:02
...A quem o dizes...
E eu que era um "ceptico" nessas coisas do Amor...
Beijo e boa viagem:)


De Tacitus a 30 de Março de 2006 às 21:28
"O que resta não mais será abertamente lembrado, apenas secretamente chorado" - simplesmente sublime, palavras em que me revejo agora, (in)felizmente...um beijo doce e obrigado pela passagem nos tiros...


De Miguel a 31 de Março de 2006 às 18:29
gosto.sim.


De Araj a 31 de Março de 2006 às 19:08
Não sou muito bom nestas coisas , contudo, posso dizer-te isto:" O fim de algo é simultaneamente o início de algo (Melhor ou pior, mão importa, importa é que é o início)...


De Sr. Dr. Ricky a 31 de Março de 2006 às 19:30
eu também choro copiosamente mas por culpa exclusivamente minha...e da mutação de sentimentos...


De imensa a 3 de Abril de 2006 às 21:43
assim apertas o meu coração.

beijo


Comentar sem frete

O minimo sobre mim


ver perfil

. 11 seguidores

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Estas são as Ultimas

Aos sonhos que vão diminu...

Even...

Revivendo uma invenção!

Quase por encomenda...:))...

Tenho pena de não ter mem...

Não me ames…ambiciona-me!

Colocado em finais de Abril de 2006

Free Web Counter
hit Counter